David Bowie: o homem que caiu na tela

"Na medida em que lemos, dezessete filmes vão se exibindo à nossa frente. A sequência dos textos acompanha a cronologia dessa produção. Bowie nos aparece tal qual uma entidade fantasmagórica, dono de uma presença incômoda e inquiridora, um alienígena, um oficial prussiano em coma durante um combate na Primeira Grande Gerra, um teen idol numa Berlim oriental de atmosfera decadente, um duende cantor, a reencenação de um mito, a concretização explícita de um “paradigma fáunico”, um major rebelde de irresistível atração homossexual, o doppleganger de alguém, a musa intangível de um conflito, um personagem bíblico, o viajante proveniente de um sonho, um pistoleiro, um sujeito comum num drama comum, um artista consagrado, um cientista estrangeiro, David Bowie sendo ninguém menos do que David Bowie." -- Fabrício Silveira

David Bowie: o homem que caiu na tela

R$ 65,00Preço